Alterar o idioma do Blog - Change the language of the blog.

Postagens Recentes

Publicidade

sexta-feira, 27 de março de 2015

Suspenso atendimento médico aos segurados do IASEP em Tucuruí

IASEP - Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará
O atendimento médico pelo IASEP (O Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará) nas clínicas e hospitais conveniados em Tucuruí foi suspenso por atraso dos pagamentos.
    
É por isso que o Governador Jatene (PSDB) protege o Prefeito Sancler (PPS) e lhe garante imunidade e impunidade, os dois são iguaizinhos quando se trata de irresponsabilidade e incompetência administrativa.
    
Jatene está falindo o IASEP e Sancler já faliu a ASERT, já os trabalhadores e segurados que se danem, se explodam, e que morram nas portas dos hospitais públicos desta pobre cidade e deste pobre Estado.
   
Pobre Tucuruí...
   
Pobre Pará...
   
ISSO É UMA VERGONHA!!!
    

quinta-feira, 26 de março de 2015

Quadra do Colégio das Irmas, uma VERGONHA uma obra sem fim

A construção da quadra coberta da Escola (E.M.E.F) Nossa Senhora da Conceição (Colégio das Irmãs) no Bairro Colinas, vai fazer aniversário de atraso no término da obra no dia 04/04/2015. Apesar da construção da quadra coberta ser uma obra com recursos do Governo Federal a empresa paralisou a obra mais uma vez, provavelmente pelo mesmo motivo que as demais obras da Prefeitura estão paradas em Tucuruí: Falta de pagamento.
   
Dizem que o Prefeito Sancler (PPS), detesta pagar contas, mesmo quando o dinheiro não é seu, aliás, o prefeito ao que parece, tem uma grande dificuldade em distinguir o que é seu dinheiro e o que é dinheiro da prefeitura, e também costuma confundir a Prefeitura com uma empresa familiar e particular.
   
Enquanto isso os alunos é que são os maiores prejudicados, pois tem de fazer educação física no tempo e ao ar livre, sujeitos à chuva e sol.
    
Mesmo com várias denuncias inclusive do Folha de Tucuruí, nada é feito para terminar esta obra, que provavelmente será terminada (se for) durante a campanha eleitoral do ano que vem.
    
ISSO É UMA VERGONHA!!!
   

     

quarta-feira, 25 de março de 2015

Processo por improbidade contra o Prefeito Sancler (PPS) está engavetado a 16 meses no MPE

MPE Tucuruí
               
O processo nº 00058529820138140061 de Improbidade Administrativa contra o Prefeito Sancler Ferreira (PPS), está engavetado a um ano e quatro meses no Ministério Público Estadual esperando Vista da promotoria. 
            
Já se tornou rotina no MPE em Tucuruí, engavetar por meses e até por anos processos e denúncias de crimes e irregularidades que envolvem a Prefeitura de Tucuruí. Existem outros processos nesta mesma situação. Este processo foi entregue ao MPE para Vista no dia 29/11/2013 e até agora permanece parado. 
                   
É inacreditável que um processo por Improbidade Administrativa que é de interesse público, permaneça por quase um ano e meio engavetado, e justamente no Ministério Público.
             
     

terça-feira, 24 de março de 2015

A principal causa da impunidade nos municípios do Brasil

Foto dos personagens Vinicius e Tereza da novela Babilônia da TV Globo
Muitos cidadãos em Tucuruí estão se perguntando por que a justiça está atuando contra a impunidade, investigando e processando aqueles que praticam crimes contra o erário e contra a administração pública em Tucuruí, fato inédito no município, que sempre foi o paraíso da impunidade e da malversação do dinheiro público.
                  
Na novela Babilônia em um trecho de conversa entre os Personagens Tereza e Vinicius, ambos advogados, Tereza uma advogada experiente e famosa aconselha Vinicius a procurar a Polícia Federal para denunciar um Prefeito corrupto. A conversa entre dois personagens de novela retrata bem a infame realidade do nosso Brasil, e mostra a fragilidade das instituições Estaduais diante do apadrinhamento de Prefeitos pelos Governadores, que usam o seu poder e a sua influencia para garantir a impunidade dos prefeitos seus aliados, que desta forma podem tranquilamente zombar das Leis, da Justiça, e praticar toda sorte de crimes contra o erário e contra a administração pública sem ser incomodado e sem qualquer temor de vir a sofrer punições.
             
A resposta do porque a impunidade está sendo finalmente combatida em Tucuruí é muito simples: A Justiça Federal, que tem autonomia para agir e não está atrelada a político ou partido algum, não está se omitindo, muito pelo contrário, está atuando e fazendo o seu papel que é de cumprir e fazer cumprir à Lei, defender a sociedade, o erário, o interesse e o patrimônio público.
        
Vejam este trecho da novela Babilônia, qualquer semelhança com Tucuruí é mera coincidência, mas o diálogo esclarece como as coisas "funcionam" aqui também.
      
            

sábado, 21 de março de 2015

Quadra da Escola Plácido de Castro: sejam bem vindos a uma terra de ninguém!

Infelizmente continua o abandono da quadra da escola Plácido de Castro desde a sua inauguração em dezembro do ano passado. A expectativa da população era que ali se tornasse um centro de espaço de lazer para a comunidade e um lugar de incentivo ao esporte para os jovens. Mas o que se vê na realidade é bem diferente disso. Como NÃO HÁ VIGILANTE OU PORTEIRO para cuidar dos horários e para zelar pelo patrimônio, o local tem sido usado para fins nada pedagógicos. 
         
Nas tardes em que não acontecem as aulas de educação física, os alunos se aglomeram no local, muitos dos quais nem entram na escola para ficar “vadiando” pela quadra, alguns fumando e ingerindo bebidas alcoólicas. A presença de MENINAS MENORES DE IDADE É CONSTANTE, várias delas em companhia de adultos, ouvindo músicas e ensaiando danças pra lá de sensuais. 
            
Até o Conselho Tutelar já foi acionado para verificar denúncias envolvendo crianças, assim como a polícia para tentar acabar com a baderna. Garotos trafegando em motocicletas em alta velocidade também é cena comum de se ver. Ou seja... Do jeito que está essa quadra só veio trazer preocupação e oferecer perigo aos alunos e comunidade. 

         
No turno da noite, quando as luzes são desligadas, a quadra vira “motel” para muitos casais e esconderijo para usuários de drogas, um perigo especialmente para estudantes do turno da noite por conta dos riscos de assalto e (pra que duvidar?) ESTUPROS, uma vez que a escuridão é intensa ao se desligarem todos os postes e refletores, impedindo a alguém de fora visualizar o que há lá dentro. Há também o risco de algum bandido se esconder ali pra fazer emboscada a algum aluno. 
      
Na noite da última quinta (12) um aluno foi esfaqueado dentro da escola. A polícia e o SAMU foram chamados. As crianças da comunidade, que nos primeiros dias da inauguração costumavam frequentar a área ao lado da quadra, já não são mais vistas por lá, pois os pais já estão com medo da bandidagem. 
            
Socorro!!! Isso mesmo!!! Pedimos socorro!!! 
        
É preciso deslocar um ou dois VIGIAS URGENTEMENTE para cuidar exclusivamente da SEGURANÇA da quadra antes de acontecer UMA TRAGÉDIA. 
         
É preciso CONSERTAR O PORTÃO QUE ESTÁ QUEBRADO para que se possa controlar a entrada das pessoas e impedir o acesso de pessoas MAL INTENCIONADAS. O mesmo vale para as portas dos banheiros que continuam danificadas desde que bandidos as arrombaram para furtar os espelhos que havia lá dentro. 
           
É preciso destinar PROFISSIONAIS DE LIMPEZA também. 
          
É preciso ISOLAR COM GRADES e CADEADOS os padrões que controlam a iluminação, tanto o que fica do lado dentro como o que está situado no muro do lado de fora. 
      
Não basta fazer... Tem que cuidar!!! Esse é o grito de ajuda de uma comunidade em DESESPERO.
         
Vestígios de cigarros de maconha encontrados em um vestiário da quadra
       
Muita sujeira nos banheiros
         
Fósforos espalhados pelos banheiros, outro sinal do uso de drogas.
       
Infiltração em inúmeros pontos dos banheiros: iluminação danificada.
     
Infiltração em outro ponto
       
Camisinha encontrada ao lado das arquibancadas prova de que
o local é usado como "motel" pelos casais durante a noite
          
Matéria de um colaborador anônimo
         

Publicidade